Nem tudo o que luz é ouro

Início » Os impactes » Arsénico

Arsénico


2 comentários

  1. António Mesquita diz:

    Ilmºs. Senhores:

    Afinal qual é a paragénese do jazigo? Está associado a arsenopirite? Sendo assim o ouro do jazigo é considerado refratário, obrigando à ustulação prévia, eliminando o arsénio, enxofre e óxido de chumbo muito perigosos e letais para o meio ambiente. Quais são então os teores destes sulfuretos?
    Desta resposta dependerá as considerações posteriores.
    Cumprimentos, A. Mesquita

  2. acp diz:

    Viva!
    Não sei de todo responder às suas pertinentes perguntas técnicas. Mas envio-lhe o lugar onde pode recolher o Estudo de Impacte Ambiental, que supostamente documenta a matéria. Está em https://www.dropbox.com/ ; ir a “sign in” e escrever
    (email) pemboafe@gmail.com
    (password) pemboafe2013
    Das conclusões que extrair – nomeadamente sobre uma coisa tão simples como as quantidades de arsénico mobilizadas na exploração -, agradeço sinceramente que nos dê conhecimento para o nosso email ouronaboafe@gmail.com .
    Aguardo com grande expectativa o que tenha para nos dizer. Todos temos a ganhar com descodificações precisas dos aspectos mais técnicos deste complicado projecto.
    Abraço
    Ana

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Comentários recentes

  • acp em
  • acp em